Textos

Destaque

O Relógio de Peixinho e o Motor que Estraga

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Não-Violência21/Abr/2018

Entro na sala e me deparo com duas pessoas engalfinhadas e uma grande barulheira. De um lado, um menininho de 4 anos puxando aflito o seu braço e falando desesperado: «Vai entrar na água, Mamãe!» Do outro lado, a mãe agarrando o braço do menininho dizendo: «Não vai entrar na água. Solta isso! Solta isso!»...

Temas:#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Flerte com a Psicanálise#Não-Violência #Música e Arte#Educação#Pseudo-Literatura#Assuntos Diversos

Sobre limites e palmadas

Carta a um amigo

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Flerte com a Psicanálise#Não-Violência #Educação12/Out/2019

Querido, percebo e compartilho da tua preocupação com o facto de que é preciso dar limites às crianças. Também compartilho da tua preocupação com a ação dos pais.

O que fazer para criar os limites? Qual é a função dos pais? Quais são os tipos de limites? O que mantém os laços afetivos entre as pessoas? A palmada pode contribuir?

Ensino de Música atravessado pela Psicanálise

#Música e Arte#Flerte com a Psicanálise#Educação#Não-Violência22/Jul/2019

A teoria e a prática da Psicanálise são as bases que sustentam o Ensino de Música da Nós Bobôs.

Mas, como seria um Ensino de Música atravessado pela Psicanálise? Como funciona uma Psicanálise? Quais são as implicações da Psicanálise no Ensino da Música? E quais são as consequências dessas implicações?...

A Manhã do Concerto

#Música e Arte#Educação#Flerte com a Psicanálise#Não-Violência08/Jul/2019

Concertos são momentos que podem provocar situações inusitadas, inesperadas e imprevisíveis. São momentos de tensão que podem disparar comportamentos diversos, surpreendentes e não habituais. Como lidar com a sombra assustadora que pode erguer-se sobre quem tocará num concerto?...

Crianças que batem nos pais: ensinas-me a amar?

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Flerte com a Psicanálise#Não-ViolênciaAbril/2017

Levar um tapa do próprio filho pequeno sempre agrediu os pais e as mães. Até que ponto as crianças são capazes de lidar com os próprios sentimentos e os enlaces do amor e do ódio? Será que uma criança poderia demonstrar um pedido de amor e ajuda através da agressividade?...

Ir Além do Espelho

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Flerte com a Psicanálise#Não-Violência02/Jun/2018

Ter um filho é uma oportunidade de olhar para si mesmo, um impulso e uma força para fazer as mudanças que sempre desejamos mas que sempre deixamos para trás...

O Relógio de Peixinho e o Motor que Estraga

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Não-Violência21/Abr/2018

Entro na sala e me deparo com duas pessoas engalfinhadas e uma grande barulheira. De um lado, um menininho de 4 anos puxando aflito o seu braço e falando desesperado: «Vai entrar na água, Mamãe!» Do outro lado, a mãe agarrando o braço do menininho dizendo: «Não vai entrar na água. Solta isso! Solta isso!»...

Tem que Ser

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Não-Violência06/Abr/2018

Mandando uma mensagem à mãe do meu filho, para pensamos sobre as supostas «teimosias» do nosso pequeno, me deparo comigo tentando me livrar da expressão «tem que»: tem que vestir a roupa, tem que comer, tem que sair agora…

Chorar para aprender a dormir?

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto#Não-Violência07/Jun/2017

A hora de dormir sempre é um pesadelo acordado. Como lidar com o choro dos bebês na hora de dormir? Eis um começo: qual é a forma de comunicação que um bebê tem com o seu cuidador?...

Pai: criar suas crias com criatividade

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto30/Mai/2017

De que maneira um pai se relaciona com o seu bebê? Seria possível uma relação de intimidade e afeto que forme uma entidade chamada pai-bebê?...

Papel do Pai – Parto Alegre

#Paternidade, Criação de Filhos, Gestação e Parto27/Mai/2017

«O Pai deve dar suporte à Mãe durante a gestação e parto»: isso é o que ouvimos toda vez que se fala sobre o papel do Pai na gestação. Mas, quem dá suporte ao Pai em seus medos, angústias e inseguranças?...

Incorporado: em corpo forjado

#Música e Arte#Educação13/Jun/2018

Acabo de chegar do concerto do violoncelista Kayami Satomi. Esses concertos, além do prazer que proporcionam com a música, libertam os pensamentos para que eu possa ver, ouvir e observar o que há de único naquele músico que toca, o que há de particular nele que não acontece em mais ninguém e em nenhum outro músico...

Clube da Música Clássica #01 – Pós-evento

#Música e Arte#Educação08/Jul/2017

Olivier Messiaen: Liturgia de Cristal.

O Tempo. A passagem do tempo. Uma observação sobre a passagem do tempo. O fluxo contínuo que leva a uma observação sobre a passagem do tempo: um recorte…

Ao Entrar

#Pseudo-Literatura2011

«Que ninguém entre aqui se tiver a intenção de sair» diz o escrito pregado ao alto.

Ao entrar, deixe o absoluto à porta. E com ele deixe a intolerância. Não entre se não conseguir suportar a angústia da incerteza, do diferente e do que não tem normas. São poucos os capazes de lidar com ela e aqui dentro não cabe nenhum eleito.

No Trem d’Écrire

#Pseudo-Literatura#Flerte com a Psicanálise25/Mai/2017

Eu jogo: alguma verdade a poucas mentiras... Há 10 dias conversei, via Messenger, com alguém que nem conheço. Tudo começou com esta imagem. E nossa conversa seguiu pelos trilhos de sair dos trilhos e empatias com descobertas do lado de lá e, indo adiante em associação com a análise, com descobertas do lado de cá...

Mrài

#Pseudo-LiteraturaLisboa, 31/Dez/2010

Para que digo? Para ninguém. Para nada. Ninguém ouve. Ninguém sabe. Uma vida secreta. Uma vida oculta. Uma vida que não há, que não existe. Uma vida fantasma atormentada por fantasmas...

Moldura

#Pseudo-Literatura20/Jan/2018

Todo dia essas linhas escuras se estendem de um lado a outro do que vejo. Todo dia essas linhas atravessam o que posso enxergar e contemplar. Todo dia elas se colocam de cima para baixo, cada vez mais grossas obstruindo mais e mais. A cada instante elas fazem barreira à luz, elas arrancam o brilho que entra, elas esbarram o que vem, elas cortam o que vejo...

A agressividade e a nobreza da causa

#Assuntos Diversos23/Mai/2017

A agressividade se esconde e se mostra. Por vezes, fazer parte de uma tribo que prega o bem, a bondade e os sentimentos elevados é uma forma de poder exercer a agressividade sem constrangimentos. Afinal, agredir por uma boa causa, por uma causa nobre, por uma causa “para o bem de todos”, é nobre e elevado, o que legitima a agressão...